“Total Recall: Minha inacreditável e verdadeira história de vida” será lançado no dia 1º de outubro

Pouco mais de um ano depois de revelar que teve um filho com a ex-governanta da família, Arnold Schwarzenegger irá contar sua versão da história na autobiografia “Total Recall: Minha inacreditável e verdadeira história de vida”, informou a revista "People" nesta segunda-feira (24). Na obra, o ator de “Os Mercenários 2” e ex-governador da Califórnia narra o momento em que ele admitiu a então mulher, Maria Shriver , sua relação extraconjugal com Mildred Baena .

Schwarzenegger confessou a traição após uma sessão de terapia. "No momento em que me sentei no consultório, o terapeuta se virou para mim e disse: 'Maria veio aqui hoje perguntar se você teve um filho com sua empregada Mildred'", escreveu ele em um trecho do livro. E não foi a primeira vez que Maria o confrontou sobre seu relacionamento com Baena, mas desta vez, ela já havia confirmado suas suspeitas com a própria governanta.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

"Eu disse ao terapeuta que era verdade", continua Schwarzenegger, que tentou convencer-se durante anos de que Joseph , seu filho com Baena, não era dele. No entanto, à medida em que a criança ia crescendo, a semelhança com o ator não poderia ser mais negada. "Eu percebi que não havia dúvida de que ele era meu filho.” Com lançamento previsto para dia 1º de outubro, o livro de 624 páginas retoma as passagens desde o início de sua vida rural na Áustria até tornar-se um político na Califórnia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.