Gianecchini: "É gostoso não ter que ceder pelo outro"

Movido a trabalho, ator afirma que está em paz com suas questões amorosas

Luisa Girão , iG Rio de Janeiro |

Elenco 'Guerra dos sexos'. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsElenco de 'Guerra dos Sexos'. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsEdson Celulari. Foto: AgNewsEdson Celulari e Glória Pires. Foto: AgNewsGlória Pires. Foto: AgNewsElenco de 'Guerra dos Sexos'. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsLuana Piovani. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsLuana Piovani. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsAntônia Morais. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsAntônia Morais. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNewsEriberto Leão. Foto: Alex Palarea e Roberto Filho / AgNews

Quando recebeu os roteiros no hospital, durante seu tratamento contra um câncer, Reynaldo Gianecchini não imaginava que teria energia para fazer Naldo em “Guerra dos Sexos”, um personagem de muita ação. Mas seu exercício diário de superar os obstáculos com leveza foi a solução para suas limitações.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias dos famosos

“Estou a mil por hora, renovado!”, comemorou, enquanto conversava com jornalistas na coletiva desta qurta-feira (19), no Rio. Com brilho nos olhos, o ator conta que é movido por trabalho e que não se inquieta por estar solteiro. “As outras coisas vão se encaixando. Devagar, vamos colocando a vida em ordem.” Tampouco ele está em busca de um novo amor: “Essas coisas a gente não procura, vai acontecer na hora certa”. E para Giane, seu status atual tem lá as suas vantagens. “É muito gostoso não ter que sempre ceder pelo o outro”, pontua. “Depois da doença e com a proximidade dos 40 anos a gente fica seletivo e não gasta mais tempo com besteira.”

Leia tudo sobre: Reynaldo GianecchiniGuerra dos sexos

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG