Publicação ignora ação judicial apresentada por Príncipe William e a Duquesa de Cambridge e retoma fotos dela

AFP

A revista italiana “Chi” publicou nesta segunda-feira (17) uma edição especial dedicada às fotos de Kate Middleton de topless, no mesmo dia em que a justiça francesa examina a ação apresentada pelo Príncipe William e sua esposa contra a revista "Closer", a primeira a divulgar as imagens.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

"Kate Middleton - Escândalo na corte: a rainha está nua!", afirma a revista na capa, que exibe três fotos: uma da duquesa de Cambridge atrás da grade de um terraço, a segunda retirando a parte de cima do biquíni e a terceira aplicando protetor solar em William.

O editor da revista, Alfonso Singorini , anuncia uma "reportagem extraordinária: pela primeira vez, a futura rainha da Inglaterra aparece de forma natural, sem as obrigações naturais vinculadas à etiqueta".

"Hoje, os que falam de escândalo continuam vinculados à ideia de uma monarquia de homens e mulheres perfeitos, não humanos", justifica.

A revista, que dedica 38 páginas ao casal e às fotos, já publicadas na sexta-feira pela revista francesa Closer, é de propriedade do grupo Mondadori, controlado pela família do ex-primeiro-ministro italiano Berlusconi.

O príncipe William e sua esposa Catherine processaram a revista Closer pela publicação as fotos e uma audiência de urgência acontecerá nesta segunda-feira em Nanterre, nas proximidades de Paris.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.