Advogado do ator classificou a matéria da "Vanity Fair" sobre o assunto de "antigas mentiras"

AFP

Um advogado de  Tom Cruise classificou de "antigas mentiras" a reportagem de uma revista americana que afirma que a Igreja da Cientologia está testando candidatas para encontrar uma namorada para o astro de Hollywood.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

A revista "Vanity Fair" citou fontes que teriam dito que a controversa seita - que tem Cruise como seu membro mais famoso - testou atrizes em 2004 para serem noivas do ator após sua separação da companheira de profissão Nicole Kidman . A matéria incluía detalhes sobre uma tentativa frustrada de união com uma atriz iraniana, que teria sido dispensada por não demonstrar afeto publicamente pelo herói de "Missão Impossível".

"A história da Vanity Fair é essencialmente uma renovação de velhas mentiras já usadas pelos tabloides, citando as mesmas falsas 'fontes'", desmentiu o advogado de Cruise, Bert Fields .

"É uma história longa, chata e velha", acrescentou em uma declaração enviada à AFP.

A ex-esposa de Cruise, Katie Holmes , anunciou em 28 de junho que estava terminando seu casamento de cinco anos com o ator, que foi completamente surpreendido pela decisão.

A "Vanity Fair" acusa a seita de lançar um "projeto secreto" liderado por Shelly Miscavige , mulher do líder da Cientologia, David Miscavige , para encontrar uma namorada para Cruise três anos depois de sua separação de Kidman, em 2001.

Com a manchete "O que Katy não sabia" na capa da edição de outubro da revista, a reportagem alega que atrizes que já pertenciam à crença foram chamadas para uma audição para um suposto filme. Elas então responderam a uma série de perguntas, como: "O que você acha do Tom Cruise?".

LEIA MAIS:  Tom Cruise, 50 anos: os amores, as polêmicas e a carreira do galã

Como resultado do processo, a atriz iraniana criada em Londres Nazanin Boniadi foi escolhida para namorar o astro em novembro de 2004, após "audições" diárias durante todo o mês anterior.

Os testes - processo padrão da Cientologia - eram marcados por tarefas como a atriz ter que revelar seus segredos mais íntimos e cada detalhe de sua vida sexual. Ela ainda teve que se livrar de seus aparelhos ortodônticos e das luzes vermelhas no cabelo.

Boniadi voou até Nova York e o primeiro mês com Cruise foi "feliz", mas, no segundo mês, ela teria deixado a desejar.

E MAIS:  Tom e Katie: polêmicas, dramas e R$ 580 milhões para dividir

A iraniana foi criticada por elogiar Cruise usando as palavras "muito bom" - que dariam a impressão de que ela o considerava uma criança - e por não demonstrar afeto o suficiente em público. "Eu recebo mais amor de um figurante do que de você", teria dito Cruise a Boniadi. O relacionamento chegou ao fim em 2005.

Cruise e Holmes se uniram em novembro de 2006 após um romance conturbado e um pedido de casamento na Torre Eiffel. Especulações sobre um motivo para a separação giravam em torno das preocupações de Holmes sobre os planos de Cruise de aproximar a filha do casal, Suri, da Cientologia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.