Considerada um ícone do teatro brasileiro, ela estreou espetáculo em São Paulo com muito bom humor e energia

Bibi Ferreira estreou na noite desta sexta-feira (10) o espetáculo “Bibi – Histórias e Canções”, onde narra momentos de sua vida, cantando canções de fado, tango, ópera, entre outros gêneros – acompanha por uma orquestra regida pelo maestro Flávio Mendes -, no Teatro Shopping Frei Caneca, em São Paulo. Em entrevista ao iG Gente , a a atriz, cantora e diretora contou como foi se apresentar ao paulistanos, após uma temporada de sucesso no Rio de Janeiro. “Vejo que o público aqui, não sei, tem mais acesso à ópera do que no Rio, talvez porque tenham em suas famílias descendestes de italiano”, comentou ela.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Durante todo o musical, Bibi mostrou o seu bom humor e levou o público às gargalhadas. Muito aplaudida a cada ato, ela brincou quando a plateia levantou um coro a chamando ‘linda’. “Depois que a televisão andou falando por aí que eu tenho 90 anos, não consegui mais namorado. Mas ‘tô’ aí, para o que der e vier”, falou.

VEJA MAIS:  Bibi Ferreira atrai famosos na estreia de novo show

Após a apresentação, Bibi, que completa 71 anos de carreira, não escondeu a alegria de ser reconhecida como uma das artistas mais completas e importantes do teatro brasileiro. “Eu já sonhava com tudo isso quando eu era criança. Minha infância foi muito cheia de livros, de músicas, gente tocando, gente dançando, e eu assistindo a tudo que pudesse. Tenho que pensar também que meu pai é o Procópio Ferreira e eu tinha toda uma família de artistas. Uma vida muito bonita, muito cheia de graça e muito bem dita. Porque toda minha vida foi calma, tranquila, sem escândalos, mas tentando encher o teatro, como enchemos hoje. Estou muito grata!”, declarou ela

Se deseja alguma coisa no futuro, Bibi disse que não. “Acho que isso que dá sorte, ficar só esperando o que vai acontecer”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.