Cantora foi a encontro com Ban Ki-moon usando batom vermelho e brincos gigantes

EFE

Beyoncé e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon
Reprodução
Beyoncé e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon

A cantora americana Beyoncé se reuniu com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon , na Assembleia Geral, onde grava nesta sexta-feira (10) um vídeo da música "I Was Here", que doou ao organismo para a campanha do Dia Mundial da Ajuda Humanitária. Ban e a intérprete de "Crazy in Love" e "Single Ladies (Put a Ring On It)" trataram durante seu encontro sobre assuntos humanitários e sobre o interesse da cantora e atriz de colaborar com o organismo para a atual edição do Dia Mundial da Ajuda Humanitária, comemorado em 19 de agosto. A foto da ocasião foi publicada no Thumblr pessoal da mulher de Jay-Z , em que ela aparece com  look exagerado: de batom vermelho e brincos enormes.

A visita de Beyoncé ocorreu na véspera da gravação do vídeo "I Was Here", em uma produção dirigida pela empresa do cineasta Ridley Scott. Espera-se que compareçam nas filmagens famosos como o diretor Martin Scorsese e a cantora e atriz Queen Latifah . O clipe do vídeo da compositora Diane Warren estreia no dia 19 de agosto, no ápice da campanha lançada pelas Nações Unidas no início de agosto para incentivar o mundo a se comprometer a ajudar a comunidade.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias dos famosos

"Chegou o momento de agirmos juntos. Faça algo por outro ser humano. Nada será pouco. Tudo começa com cada um de nós: deixe sua marca e diga 'eu estive aqui'. Juntos contaremos nossas histórias", diz Beyoncé em mensagem de promoção da campanha da ONU. "Vemos as manchetes e nos perguntamos o que podemos fazer para ajudar. O Dia Mundial da Ajuda Humanitária é uma boa oportunidade para trabalharmos juntos e fazermos a diferença, uma ocasião de deixar nossa marca no mundo e demonstrar que estamos aqui e que nos preocupamos", afirmou Beyoncé em comunicado quando a ONU anunciou sua contratação para a campanha.

VEJA TMABÉM:  Beyoncé grava mensagem para incentivar o Dia Mundial da Ajuda Humanitária

O Dia Mundial da Ajuda Humanitária, designado pela Assembleia Geral da ONU em 2008, reconhece as pessoas que arriscam suas vidas para ajudar os necessitados e será comemorado em todo o planeta com diversos atos comemorativos e eventos. O dia escolhido é uma homenagem às 22 pessoas que, em 19 de agosto de 2003, morreram em um ataque contra os escritórios da ONU em Bagdá. O diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello estava entre as vítimas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.