Solteira desde o término de seu casamento com Bruno Gagliasso, em junho, a atriz só quer saber de trabalhar e se prepara para lançar um filme sobre homofobia

Sem dar margem para falar sobre a conturbada separação de  Bruno Gagliasso , a recém solteira  Giovanna Ewbank  não quer saber de arrumar um novo namorado. "Não. Pelo amor de Deus, isso eu quero longe!", disse ela na noite desta quarta-feira, (01), no lançamento da primeira coleção de relógios da Vivara, no Shopping Iguatemi JK, em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

A atriz também garantiu que o assédio não aumentou para o seu lado por conta da nova vida de solteira. "Sabe que não? Não estou com tempo para nada, estou trabalhando demais. Não estou nem conseguindo pensar em jantar, sair...", disse.

Sexy em um vestidinho de oncinha comprado em Nova York, onde passou temporada recentemente, Giovanna falou que não vive sem acessórios e que sua peça favorita é uma jóia em especial. "Um anel com uma esmeralda que eu ganhei", disse. Questionada sobre quem a teria presenteado, Giovanna não quis revelar: "Não vou falar, mas foi muito especial", encerrou.

Prestes a estrear o filme “Amor Proibido”, no Festival de Gramado, neste mês, Giovanna está animada com a história que irá relatar a homofobia. “Minha personagem é homofóbica e apaixonada pelo melhor amigo que assume para ela que é gay. Ela enlouquece”, contou. “Vai ser bem legal para abrir os olhos de algumas pessoas. Porque, por mais que falamos no assunto e há a compreensão de muita gente, ainda existe muita violência”, alertou. Questionada sobre se acredita no amor entre um heterossexual e um homossexual, Giovanna disse que sim. “Acredito. Você se apaixona pelo que a pessoa é, pelo ser humano. No amor, tudo é possível”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.