Ator de "O Legado Bourne" precisava dormir e pensou que tivesse ingerido um tranquilizante

Jeremy Renner em
Divulgação
Jeremy Renner em "O Legado Bourne"

Jeremy Renner passou por uma situação embaraçosa durante um voo de Los Angeles para Londres. O ator de “O Legado Bourne” não enfrentou nenhuma turbulência durante o percurso, mas foi tomar um remédio para dormir e acabou se confundindo com as pílulas e tomou um Viagra.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

“Eu tinha que sair do avião e já ir trabalhar, então eu tinha que dormir no avião”, disse Renner ao programa “Jimmy Kimmel Live!”. “Então eu tomei um comprimido para dormir um pouco. Tomei e percebi que nada estava acontecendo, mas alguma coisa a mais estava acontecendo”, contou.

Ele pensou que tinha tomado o tranquilizante Ambien, mas na verdade tomou o estimulante sexual Viagra, dado a ele por um amigo. “Não apenas não dormi durante todo o voo”, acrescentou o ator que precisou lidar com a situação durante a viagem de 10 horas.

O ator contou ainda que a tripulação o ajudou – “meio que na brincadeira” – a assegurar uma viagem tranquila, fornecendo “muito gelo” para ele.

Ainda assim, Jeremy contou que não levantou durante o voo. “Se eu tivesse que ir ao banheiro seria muito embaraçoso”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.