Advogado do ator diz que ele "não é lutador de MMA" e que o próximo passo será avaliar os prejuízos da vítima

Marcelo Faria agrediu o segurança com uma garrafada na cabeça
Claudio Augusto
Marcelo Faria agrediu o segurança com uma garrafada na cabeça

Depois do pedido de desculpas por telefone, nesse domingo (22), Marcelo Faria se encontrou na manhã desta quarta-feira (25) com Fabricio Lopes, segurança que agrediu na última semana durante uma festa no Rio. Segundo o advogado do segurança, Edmilson Sobral, o propósito de Marcelo na reunião seria firmar um acordo para que o caso não fosse à Justiça. “O Marcelo esteve com a gente. Ele se mostrou realmente arrependido e submisso ao fato da ocorrência. O Fabrício ficou muito satisfeito, porém ainda não houve uma proposta, apenas uma abertura para chegarmos futuramente a um valor”, disse o advogado.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

“Olha, o Fabrício está disposto a entrar em um acordo mas, como disse anteriormente, estamos apenas abertos a propostas”, declarou Sobral quando questionado sobre as intenções de Fabricio.

Já Técio Lins e Silva, advogado de Marcelo, definiu a conciliação como bem sucedida e disse que se pudesse dar uma nota para o encontro seria 10. “Era preciso primeiro resolver a parte emocional e humana. Que os dois tivessem um entendimento e o Fabrício pudesse acreditar na sinceridade do desejo do Marcelo. Era importante que se entendessem fora do contexto policial, da briga, do desentendimento que resultou nessa situação e tamanho desconforto para o Marcelo. Ele não se orgulha do que aconteceu e sentiu muito”, disse Técio.

De acordo com o advogado o próximo passo é avaliar quais prejuízos Fabricio sofreu para poder resolver o impasse. “Marcelo está fazendo um sincero esforço de reconquistar a simpatia do Fabrício, que disse que até a mulher era fã dele e deixou de ser pelo que houve. Quer reconquistar isso humanamente. É um cara de paz, ator, não é lutador de MMA. A luta dele é nas artes cênicas e não no ringue. E ele foi bem aceito. Achei que o Fabrício compreendeu. Não chegamos a uma proposta ainda. Agora a conversa é entre os advogados”, afirmou ele.

RELEMBRE O CASO:

Durante a noite de lançamento do álbum do cantor Rogê, em uma casa noturna do Rio, Marcelo Faria acabou se exaltando após ser barrado na entrada de um camarote vip por não ter convite. Nervoso, o ator teria agredido o segurança Fabrício Lopes Lima com uma garrafada de cerveja. Na data, a assessoria de imprensa confirmou o ocorrido e afirmou que Marcelo sentia muito pelo ocorrido.

LEIA MAIS: Advogado de Marcelo Faria: “Ele está muito triste e abalado”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.