Técio Lins e Silva foi procurado nesta quinta-feira (19) pelo ator para resolver a situação após briga em boate

Marcelo Faria chegando na casa noturna onde deu uma garrafada em um dos seguranças
AgNews
Marcelo Faria chegando na casa noturna onde deu uma garrafada em um dos seguranças

Marcelo Faria mostrou-se bastante arrependido após briga com segurança na casa noturna Miranda, no Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (18) . Na ocasião, o ator exaltou-se após não ser liberado para entrar em um dos camarotes da casa e quebrou uma garrafa de vidro na cabeça de um dos seguranças.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Nesta quinta-feira (19), Marcelo foi em busca do Dr. Técio Lins e Silva , que vai trabalhar no caso. “Falei com ele muito rápido, por telefone. Ele disse que estava mal com o acontecimento. Hoje me ligou novamente e disse que está se sentindo péssimo, não esperava que isso estivesse acontecendo. Ele quer fazer de tudo para minimizar e tornar o fato menos doloroso para todos”, afirmou o advogado, reforçando diversas vezes que o ator está muito mal e abalado com toda a história.

Técio e Marcelo tentarão se encontrar na próxima semana para definir o que pode ser feito. Enquanto isso, o caso será encaminhado para o Jecrim (Juizado Especial Criminal). “Nesse meio tempo vamos ver o que fazer. Tentar contato com a família. Semana que vem, vamos conversar. Não marcamos ainda data porque ele não tinha a grade de gravação para saber disponibilidade do encontro”, explicou Dr. Técio.

LEIA TAMBÉM: Fernanda Vasconcellos é apontada como affair de Marcelo Faria, que se separou recentemente

Questionado se Marcelo informou se havia feito consumo de alguma bebida alcoólica na ocasião, o advogado foi direto. “Não comentou, e nem eu perguntei. Ele só disse que não queria, não quis machucar ninguém. Se fosse rebobinar o filme, ele deixaria passar a cena. Mas se aconteceu, tem que enfrentar”, disse Técio.

O advogado informou ainda que não tem os dados do segurança, pois tudo o que sabe, leu na imprensa. Técio também diz não saber que rumo poderia levar o caso, tratando-se de processos e indenizações. “Vai depender da disposição das partes. Ele está disposto a fazer o que for possível para minimizar essa questão, reduzir essa dor física e material. Vi declaração que ele (segurança) está em prejuízo material. Isso é indenizável. Marcelo está empenhado na redução do prejuízo desse dano, dessa dor”, concluiu.

VEJA TAMBÉM OS BARRACOS DENTRO E FORA DA TELINHA:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.