A apresentadora tomará medidas legais contra quem repercutir a notícia publicada por jornal inglês

Luciana Gimenez: medidas legais contra difamação
Getty Images
Luciana Gimenez: medidas legais contra difamação

Luciana Gimenez está indignada com o fato do jornal inglês “Daily Mail” ter se referido a ela como atriz pornô em uma matéria que falava dos relacionamentos de Mick Jagger. A apresentadora, que publicou em seu Twitter nessa quarta-feira (18) uma mensagem em que ironizava a informação - "Porn star! Será?!! Kkkk Vou vender filmes!" -, decidiu tomar medidas legais contra a divulgação da notícia. “Os advogados já receberam instruções para levantar quais veículos publicaram tal noticia e que serão acionados legalmente. Em primeiro lugar, lendo a referida biografia, em nenhum momento há no livro qualquer menção a Luciana nesse sentido”, diz o comunicado oficial divulgado pelo assessor de imprensa de Luciana, Paulo Vieira.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe as notícias dos seus famosos favoritos

O jornal inglês tem publicado com exclusividade trechos da biografia não-autorizada de Christopher Andersen , chamada "Mick: The Wild Life and Mad Genius of Jagger". A parte que se refere a Luciana foi publicada no último sábado (15). Mick Jagger teria engravidado Luciana após o namoro com a atriz Angelina Jolie, que teria começado em 1997 e durado dois anos.

"Quando Angelina não pode acompanhá-lo na América do Sul (em turnê), Jagger foi consolado por uma modelo de 1,80m e atriz de filmes 'pornô-soft' chamada Luciana Morad. Depois, sua nova amante foi atrás dele por conta própria em vários lugares do mundo. (...) Alguns meses depois, Luciana contou que estava esperando um filho de Jagger". 

O extrato do livro fala ainda dos casos amorosos do líder do Rolling Stones mesmo enquanto estava casado com a modelo Jerry Hall. Entre as suas conquistas estão também Uma Thurman e Carla Bruni. Para ilustrar a matéria, o "Daily Mail" publicou uma foto de Luciana quase irreconhecível.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.