Atriz apresentou o drama “Hoje”, no 7° Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, e falou sobre o papel, que considera o mais complexo de sua carreira

Denise Fraga esteve na noite desta terça-feira (17) no 7° Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo para apresentar o longa “Hoje”, do qual é protagonista, no Memorial da América Latina, em São Paulo. Em conversa com o iG Gente , a atriz falou sobre o projeto, que só estreia para o grande público em 2013. “O filme fala de uma coisa muito especial, das pessoas que lutaram na ditadura no Brasil, que foram torturadas e tiveram pessoas queridas desaparecidas. É um misto de sentimentos que envolvem isso que a gente não tem dimensão”, explicou.

Siga o iG Gente no Twitter e receceba notícias dos famosos em tempo real

Na trama, Denise interpreta Vera, ex-militante política que recebe indenização do governo brasileiro pelo desaparecimento do marido, Luís (papel de Cesar Troncoso ), vítima da repressão desencadeada pela ditadura militar brasileira, que acaba voltando inesperadamente. “Acho que é a personagem mais complexa que já fiz. Às vezes, fazia uma cena e ia chorar no cantinho depois”, contou a atriz.

LEIA AINDA:  Denise Fraga sobre Luiz Villaça: "A gente faz filhos e filmes"

Denise Fraga:
Manuela Scarpa/Photo Rio News
Denise Fraga: "Se me perguntam se eu prefiro comédia ou drama, eu digo que prefiro uma boa história"

Por ser uma comediante, como ela mesma se denominou, Denise disse que o público tem certa dificuldade em vê-la em um drama. “Tenho um pouco de aflição de todo mundo me perguntar ‘mas é comédia?’ (risos). O humor é transgressor, mas não resiste se não tiver uma boa história. Se me perguntam se eu prefiro comédia ou drama, eu digo que prefiro uma boa história. A plateia rir ou chorar é simplesmente resultado disso”, declarou.

“Gostaria de fazer novelas”

Denise Fraga ficou por cinco anos à frente do quadro “Retrato Falado” no “Fantástico”, no qual vivia diversos personagens, e depois estreou outros quadros no programa dominical. Segundo a atriz, esses projetos e suas atuações no cinema e teatro não permitiram que ela fizesse muitas novelas. “Fiz somente quatro novelas. Mas eu adoro essa coisa de uma história contínua. Eu até tenho recebido convites para novelas, o que acontece é que nunca calhou de eu conseguir fazer; ou estava fazendo séries ou teatro. Mas é uma coisa que gostaria de fazer, sim”, comentou.

Para o ano que vem, Denise tem um novo trabalho na televisão, uma série que ainda não tem nome.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.