A Débora de “Avenida Brasil” ainda fez mistério sobre o futuro amoroso de sua personagem com os da trama, vividos por Cauã Reymond e Bruno Gissoni

Como a maioria das mulheres, Nathalia Dill também sofre de TPM – Tensão Pré-Menstrual – e revelou que a crise unida ao seu signo é um fator "problemático" em sua vida. “Já não sou uma pessoa doce nas palavras, sou áries, sou uma pessoa mais irritada, então me seguro muito pra não sair atropelando, porque sei que se eu falar vou ser grosseira mesmo com essa cara de blasé que eu tenho. As vezes libero, quebro o pau, grito, bato a porta”, disse ela no bate papo sobre menstruação, idealizado pela marca de absorvente, Always, na manhã dessa quinta-feira, (12), na Afair, em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Ao lado dos atores Fernanda Vasconcellos e Edu Moscovis - pai de três meninas e dois casamentos -, e da sexóloga, Laura Muller , do “Altas Horas”, de Serginho Groisman , Nathália conversou sobre o universo feminino e revelou que menstruou pela primeira vez aos 12 anos em uma viagem que fez sem a companhia dos pais. "Estava com minha melhor amiga que estava passando por isso há pouco tempo então foi ela quem me guiou. Mas não sabíamos muito o que fazer, que horas tinha que trocar o absorvente. Foi tenso", lembrou a atriz.

A Débora, de “ Avenida Brasil ”, ainda falou sobre a atual tensão que está vivendo. "O capítulo 100 está chegando. Vai ser a decoberta da Carminha ( Adriana Esteves ) então tudo está tenso tanto é que ninguem recebe o roteiro antes, só na hora das cenas", disse ela despistando sobre o novo amor de sua personagem: o Iran ( Bruno Gissoni ), jogador e melhor amigo do ex-namorado da acrobata, Jorginho ( Cauã Reymond ). “A história está começando a entrar por aí. Eu não sei o que vai acontecer só sei que o Iran está entrando num lugar muito bonito de companheiro, amigo, um cara que está dando apoio para ela”, falou. “As cenas são ocultas, ninguém lê até a hora de gravar”, contou.

Questionada se a personagem poderia reatar com o ex, Nathália deu sua opinião: "Acho que ela poderia voltar se ele viesse limpo, sem gostar de ninguem, querendo casar e ter filhos, que acho que é o que ela quer”, opinou.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.