Ator usou seu Twitter para lamentar boletim de ocorrência registrado pela mãe da criança

Dado Dolabella se defende e nega agressão contra filho
AgNews
Dado Dolabella se defende e nega agressão contra filho

Dado Dolabella usou seu Twitter na manhã desta segunda-feira (9) para negar a acusação de agressão contra o filho Eduardo , de 2 anos, registrada pela mãe da criança,  Fabiana Neves , na 42º DP do Rio de Janeiro, no bairro do Recreio dos Bandeirantes. O registro foi confirmado pelo iG Gente .

Siga o iG Gente no Twitter receba as últimas notícias dos famosos

"Muito triste com essa mentira inescrupulosa. Ela (Fabiana Neves) não sabe que está acusando um pai que só tem amor... Não importa nada o que ela diga, mas sim todo o sentimento que existe entre pai e filho... inteiro, verdadeiro, transcendental!!! E ele sente isso por mim. O resto não importa!", escreveu Dado.

LEIA MAIS:  Por ordem judicial, Dado Dolabella não pode sair do Rio sem autorização

Além de Eduardo, Dado também é pai de Ana Flor , 9 meses, e João Valentim , 2 anos.

Atualmente, o ator segue em regime de suspensão condicional, concedido em abril deste ano após julgamento por porte de drogas, e não pode deixar o Rio de Janeiro sem aviso prévio no próximo um ano e dez meses.

LEIA TAMBÉM: Condenado, Dado Dolabella tenta evitar cadeia

Outros problemas na Justiça:

Esse não é o único processo de Dado. Em 2008, durante um desentendimento que envolveu a atriz Luana Piovani , sua namorada na época, foi acusado de lesão corporal grave (Art. 129, § 1º - CP), lesão corporal decorrente de violência doméstica (Art. 129, § 9º e / Ou § 11 - Cp), crime continuado (Art. 71 - Cp), circunstâncias agravantes (Arts. 61 a 64 - Cp) e foi enquadrado na Lei Maria da Penha, que defende os direitos das mulheres. Após a decretação da prisão, o advogado de Dado, Dr. Michel Chaquib Asseff Filho , deve recorrer ao STJ, um dos últimos recursos para conseguir livrá-lo da prisão. A pena, no entanto, também pode vir a ser convertida em trabalho voluntário.

O ator ainda está envolvido em outro processo de agressão contra sua ex-mulher Viviane Sarahyba , que o acusa de violência doméstica no período em que esteve casada com ele – de setembro de 2009 a agosto de 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.