A Zarolha, de “Gabriela”, se despede da personagem na trama, fala sobre o ensaio que fará na Playboy e da finalização de seu segundo livro

Leona Cavalli se despede de Zarolha, em
Divulgação
Leona Cavalli se despede de Zarolha, em "Gabriela": "Dá uma dor no coração"

Leona Cavalli vem roubando a cena na pele de Zarolha, uma prostituta diferente das outras, no remake “ Gabriela ”, novela das onze, da Rede Globo. “A Zarolha é uma personagem que dá oportunidade de muitas nuances de interpretação. Ela é dramática, engraçada, tem fé, é romântica. Eu não esperava essa empatia com o público. Eu fico super feliz”, disse ela na tarde desta quarta-feira, (04), nas lojas AR Store e Planet Girls, em São Paulo. 

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Mas o que é bom dura pouco e Leona teve que se despedir da quenga do Bataclan, de Maria Machadão ( Ivete Sangalo ). “Terminei de gravar minhas cenas porque amanhã (quinta-feira, 05) a Zarolha deixa Ihéus. Dá uma dor no coração”, informou a atriz se referindo a última cena a ser exibida de sua personagem na trama. Hoje a noite, Zarolha irá flagrar seu cliente número um e grande amor, Nacib ( Humberto Martins ), com Gabriela ( Juliana Paes ), motivo da decisão da personagem por deixar a cidade.

Mas, tudo indica também, que a Zarolha dos tempos de hoje não terá o mesmo fim que a personagem da primeira versão na TV, em 1975, nem a do romance de Jorge Amado . “Na primeira versão, ela sai definitivamente da trama, no romance de Jorge Amado, ela morre, e o Maurinho Mendonça (diretor) e o Walcyr Carrasco (autor) já me falaram que provavelmente ela volte”, adiantou. Caso a personagem retorne para a trama, Leona já tem um destino para sua pupila. “Eu achava bacana se ela pudesse voltar feliz, realizada e apaixonada, com certeza. Pode ser como mulher da vida ou casada com um coronel mas que possa ter uma vida em Ilheus mais livre porque aquelas mulheres lutavam por liberdade”, opinou.

Um dos motivos do sucesso da personagem foi a relação de amor entre uma quenga e um homem de bem, obtido com a química entre os atores. Leona foi só elogios ao parceiro de cena. “Adorei contracenar com o Humberto, nunca tinha contracenado com ele. Ele é ótimo ator e um excelente colega. Nós realmente estabelecemos um nível de cumplicidade muito grande de cara”, disse ela que protagonizou cenas quentes de sexo com Humberto. “É sempre um nível de intimidade muito grande e só ficaram pessoas realmente ligadas a cena. A cumplicidade com o Humberto só ajudou. Teve um cuidado. Foi legal e me senti segura de fazer", contou.

A atriz também falou da semelhança que há entre ela e sua personagem. “Eu sou uma pessoa idealista. Acredito no ser humano, na arte, na convivência pacífica, na fé. Isso nós temos em comum”, avaliou.

Nudez

Leona já encarou a nudez em trabalhos como o filme "Amarelo Manga", (2003), de Claudio Assis , e em algumas peças teatrais. Na TV a atriz repetiu a dose logo no primeiro capítulo de “Gabriela”. “De qualquer forma exige uma intimidade, uma entrega muito grande porque é ao vivo também, as pessoas estão ali vendo e a câmera é muito mais sensível, mais precisa do que você assistir ao vivo no teatro. São desafios diferentes mas a entrega, que é necessária, é exatamente a mesma e o cuidado da direção e dos colegas realmente é fundamental”.

Playboy

Recentemente Leona fez um ensaio sensual para a sessão, "Happy Hour", da Playboy. A próxima fase será estampar a capa da publicação com seu primeiro ensaio nú para uma revista. “É uma proposta de trabalho muito séria e vou fazer com a maior entrega e profissionalismo como eu sempre faço em todos os meus trabalhos”, disse ela que não sabe ao certo em qual edição estará. “Tenho certeza que será em Agosto ou Setembro. É provável que sim (saia na edição de aniversário de 27 anos)”, falou a atriz que tem em mente um ensaio voltado pro lado cultural. “Provavelmente terá a ver com o teatro, com as personagens que eu já fiz”, contou.

A atriz ainda afirmou que o convite não se deu por conta do sucesso da prostituta da trama. “Eu fui convidada há uns dois meses, estava fazendo a Celina, uma pediatra, casada, em “A Vida da Gente”. Foi uma coisa sincrônica e é legal estar fazendo um papel que tenha uma referência de sensualidade grande”, disse.

Curiosidade

Dina Sfat , a primeira Zarolha, de “Gabriela”, usava um tampão em um dos olhos devido a um problema de visão que a personagem pedia. Quando retirava a “venda”, exibia um defeito no rosto. Leona explicou que sua personagem faz jus ao nome que leva na ficção. “Nessa versão acharam melhor não colocar nada por causa da alta definição para não ficar muito grosseiro. Tem uma coisa sutil que está na maquiagem. Olhando em um close, o olho esquerdo é maquiado todo pra baixo, os cílios pra baixo e com o delineador dentro e escuro. O outro olho já é maquiado com delineador branco, que abre”, explicou.

Livro

Finalizando seu segundo livro, sem nome ainda, Leona fará um caminho diferente para acompanhar sua primeira obra, "Caminho das Pedras - Reflexões de uma Atriz", lançado em 2009. “É um livro sobre palhaço. O primeiro foi a minha trajetória de atriz e sobre os desafios dessa trajetória. Agora é sobre um personagem definitivo, que a gente leva sempre, um personagem eterno que tem a ver com a criança interior que é o palhaço. É sobre a possibilidade de rir de si mesmo dentro dos caminhos da atuação”, disse ela que planeja lançar a obra no final deste ano.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.