Os detalhes do fim de um dos casamentos mais explorados pela mídia hollywoodiana

Em junho de 2005, Tom Cruise declarou seu amor a Katie Holmes de forma inusitada para Oprah Winfrey
Reprodução
Em junho de 2005, Tom Cruise declarou seu amor a Katie Holmes de forma inusitada para Oprah Winfrey

Em novembro deste ano, Tom Cruise e Katie Holmes completariam seis anos de casamento. Nesta sexta-feira (29), no entanto, a atriz entrou com o pedido de divórcio, e quer a custódia integral da filha. Tom se declarou chocado com a notícia e está “extremamente chateado”, de acordo com sua relações- públicas.

LEIA MAIS SOBRE A SEPARAÇÃO DE TOM CRUISE E KATE HOMES

Em 2005 o relacionamento do casal também ganhou as manchetes, mas por conta das excentricidades da dupla. Numa maré de demonstrações desmedidas de afeto, como quando anunciou seu amor pela atriz pulando sem parar no sofá do programa de Oprah Winfrey , Tom foi ridicularizado pela imprensa americana e viu sua carreira desandar devido a seu comportamento.

CIENTOLOGIA E "COMPORTAMENTO ERRÁTICO"

Isso sem contar suas controversas declarações sobre cientologia, como quando criticou Brooke Shields por usar remédios para tratar a depressão pós-parto. Ele também teria obrigado Katie Holmes a dar à luz Suri em silêncio. Em agosto de 2006, depois do fracasso de bilheteria de “Missão Impossível 3”, ele foi demitido do estúdio Paramount depois de 14 anos e mais de R$ 2 bilhões de lucro à empresa. A razão citada pelo presidente do estúdio foi seu “comportamento errático”.

Desde então o casal se tornou o alvo predileto da mídia. Às vésperas de seu luxuoso casamento em um castelo nos arredores do Roma, em novembro de 2006, diversas especulações rondavam a união do casal. Blogs e colunas insinuavam que a boa forma de Katie após o nascimento de Suri seria “suspeita”, e que a menina havia sido gerada através de uma barriga de aluguel.

Quanto ao casamento, foi dito que eles teriam assinado um contrato de cinco anos de união, sem sexo, e que este renderia à atriz R$ 10 milhões. Já o verdadeiro contrato nupcial do casal foi menos mirabolante, mas não menos surpreendente: a cada ano de casamento Katie receberia R$3 milhões e caso pedisse a separação antes de 11 anos de união, receberia também uma mansão na região de Montecito, na Califórnia. Caso o matrimônio durasse mais, o contrato seria invalidado e ela teria direito a metade do patrimônio do ator.

Hoje o patrimônio do casal é avaliado em aproximadamente R$ 580 milhões, sendo dele a maior parte da fortuna. De acordo com o site “TMZ”, a atriz já solicitou pensão ao marido na petição do divórcio.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.