O político francês Jean-Marie Le Pen está revoltado com o vídeo de Madonna que compara sua filha ao Hitler


O político francês de direita Jean-Marie Le Pen se manifestou contra Madonna . Ele quer que a cantora pague indenização de pouco mais de R$ 2.000 000,00 (US$ 1 milhão) por ter comparado sua filha, Marine Le Pen , ao Adolf Hitler em um vídeo exibido durante a turnê MDNA. De acordo com o jornal “Hollywood Repórter”, o político está pronto para seguir em frente contra a cantora.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades

“Se ela fizer isso na França, nós estaremos esperando por ela”, ameaçou a filha do político, que também concorreu às eleições francesas. Jean-Marie ainda insultou Madonna. “A cantora se tornou famosa por atirar suas calcinhas nas mãos de Jacques Chirac”, esbravejou Jean-Marie , em referência ao ex-presidente da França.

O vídeo polêmico, “Nobody Knows Me”, foi exibido durante a performance de Madonna em Tel Aviv. Na edição, a cantora mostra rostos de nomes políticos e religiosos, tais como Papa Bento XVI, Sarah Palin, Hu Jintao, entre outros. A imprensa francesa divulgou que se a Madonna reproduzir o vídeo no show de Paris, em julho, não escapará do processo. Madonna, no entanto, não tem respondido às críticas dos políticos franceses e o vídeo está programado para ser exibido no país durante o show no dia 14 de julho.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.