Dois jovens que ameaçaram a filha da cantora de estupro no Twitter foram presos nesta quinta (31)

Simony com as filhas Pyetra, no colo, e Aysha, que está em Carrossel
AgNews
Simony com as filhas Pyetra, no colo, e Aysha, que está em Carrossel

A ofensa feita por um rapaz de 23 anos pelo Twitter de Simony,  na última segunda-feira (28), desencadeou uma série de mensagens de seitas de extermínio na página da cantora .

O filho do motorista do SBT,  Danilo Fantin, chamou sua filha mais nova, Pyetra , de 5 anos, de “demônio” e agora está sendo processado. Porém, dois homens que postaram ameaças de estupro à menina já foram presos.

VÍDEO: Veja como está o elenco de Carrossel 23 anos depois

Em conversa com o iG , Simony afirma que esteve, nessa quinta-feira (31) no DEIC, de São Paulo (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado), órgão responsável por crimes virtuais, para denunciar os autores dos posts. “O investigador ficou horrorizado, mas graças a Deus, os dois foram detidos. Eles pertencem às seitas ‘Búfalo Viiril’, ‘Sanctus’ e ‘Anonymus’, que são contra mulheres, negros, gays e a favor da pedofilia e matança de animais”, declara ela.

LEIA MAIS - Simony: “Estou cuidando mais da minha filha do que de mim”

Simony ainda conta que eles haviam anunciado no blog de uma das organizações que iriam entrar em uma faculdade de Brasília para fazer uma chacina e que, inclusive, eles eram ligados ao exterminador de Realengo.

Com relação ao primeiro xingamento, Simony disse que o jovem se arrependeu, pediu desculpas, falou que tudo não passou de uma alucinação da cabeça dele, mas é fato que ele foi o causador de toda a situação e tem que ser punido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.