O acesso à 36 fotos da atriz nua foi dificultado e o próximo passo do inquérito é descobrir a autoria do crime

Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Carolina Dieckmann:
AgNews
Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Carolina Dieckmann: "Alcançamos o nosso objetivo"
Após uma análise técnica e minuciosa da carta enviada pelo Google, na noite dessa quinta-feira (10) , ao advogado de Carolina Dieckmann , Antônio Carlos de Almeida Castro , o Kakay, ele decidiu cancelar a ação proposta pela defesa da atriz contra a empresa multinacional.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

“Não existe um recuo, mas não vamos entrar com a ação. Estamos satisfeitos com a postura do Google, era o que queríamos, e o acesso às imagens já está bastante dificultado . A carta explica até onde eles podem ir e isso já levanta uma discussão importante sobre crimes na internet”, contou Kakay ao iG Gente .

LEIA MAIS: Marcos Frota: “Carol é meu amor e isso é um lixo”

Uma ata notarial já foi enviada ao cartório e registra as 36 fotos propagadas na rede, o que comprova a materialidade do crime. “O objetivo foi alcançado e não queremos conduzir o processo de maneira litigiosa”, completa o advogado. Ele conversou com a atriz e o marido dela, Tiago Worcman , sobre os trâmites do caso e eles também estão tranquilos com a conclusão do mesmo. O próximo passo do inquérito, segundo Kakay, é descobrir a autoria do crime. “Continuamos investigando e logo saberemos a origem da divulgação das fotos”, finalizou.

VEJA TAMBÉM: Lembre as celebridades que se viram nuas ou expostas na rede

Carolina Dieckmann e o marido, Tiago Worcman (em segundo plano, de camisa azul), também estão contentes com o desenrolar do caso
AgNews
Carolina Dieckmann e o marido, Tiago Worcman (em segundo plano, de camisa azul), também estão contentes com o desenrolar do caso


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.