Tamanho do texto

Advogado da atriz, Antônio Carlos de Almeida Castro, falou com a imprensa ao sair da Delegacia de Repressão aos Crimes de Internet

Carolina Dieckmann na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática nesta segunda-feira (07)
AgNews
Carolina Dieckmann na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática nesta segunda-feira (07)
Carolina Dieckmann foi à Delegacia de Repressão aos Crimes de Internet por volta das 9h da manhã desta segunda-feira (7) , no Rio de Janeiro, para prestar queixa sobre a publicação na internet de imagens em que aparece nua. O marido da atriz, Tiago Worcman e o empresário, Alex Lerner , a acompanharam para também prestar depoimento.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

O advogado da atriz, Antônio Carlos de Almeida Castro , saiu para conversar com a imprensa. Ele contou que Carolina procurou orientação de como deveria agir. “Durante duas semanas, ela recebeu três ligações e de quatro a cinco e-mails chantageando”, explicou. “Quando ela recebeu a primeira ligação, procurou por um amigo que trabalha na Segurança Pública. Ele incentivou a troca de e-mails entre os dois para ver se ela conseguia descobrir quem era, mas ele acabou divulgando as fotos antes que conseguisse descobrir”, informou.

Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Carolina Dieckmann, falou que a atriz tentou armar flagrante
AgNews
Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Carolina Dieckmann, falou que a atriz tentou armar flagrante
O advogado falou ainda que os sites com as imagens indevidas de Carolina – cerca de 36 – estão hospedados em um domínio na Inglaterra e um nos Estados Unidos e a atriz já conseguiu a primeira vitória no caso. “Foi mandada uma notificação para esses sites de fora para que eles tirassem as imagens, que saíram do ar hoje", falou. "Foi mandada uma notificação também para o Google para conseguir impedir de achar as fotos dela no sistema de busca", completou ele.

LEIA MAIS: Luana Piovani comenta supostas fotos nuas de Carolina Dieckmann

Carolina está prestando queixa pelos crimes de furto, já que foram retiradas informações privadas de seu laptop; extorsão, pois a pessoa detentora das imagens cobrou R$ 10 mil para não divulgar as imagens e difamação por uso indevido de imagem. A atriz entregou seu computador para a perícia nesta segunda-feira e o delegado responsável pelo caso é o Dr. Gilson Perdigão . A queixa não foi prestada antes pois a delegacia de crimes virtuais não abre aos finais de semana.

E MAIS: Carolina Dieckmann avisou o Globo "imediatamente" sobre chantagens, diz advogado

Carolina Dieckmann deixou a delecia com Tiago Worcman e não falou com os jornalistas
AgNews
Carolina Dieckmann deixou a delecia com Tiago Worcman e não falou com os jornalistas
As imagens nuas da atriz foram divulgadas na tarde da última sexta-feira (4). Ainda não existem suspeitas sobre o vazamento das fotos, mas sabe-se que o computador de Carolina passou por manutenção e que a atriz se recusou a pagar a chantagem para recuperar as fotos com poses íntimas.

Carolina Dieckmann deixou a delegacia por volta das 16h30 e não quis falar com a imprensa que a aguardava na porta.Ela saiu de óculos escuros e de braço dado com o marido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.